Fabinho combinou a marcar a Panenka com Luís Diaz

Partilhar no:
Loading...
Loading...
Mais Vistos

Por ocasião da conferência de imprensa de antevisão ao duelo desta terça-feira entre Liverpool e Inter Milão, a contar para a segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, Fabinho contou um episódio caricato relativo à final da Taça da Liga inglesa, frente ao Chelsea, jogo que os comandos de Jurgen Klopp acabaram por vencer já no desempate por grandes penalidades.

 

 

 

 

«No dia anterior à final, tentei marcar um penálti à Panenka, mas só estava eu e o Luis Díaz, não havia guarda-redes. Depois disse-lhe, ‘se amanhã formos a penáltis, vou marcar assim’. Ele não acreditou em mim, mas durante o jogo, quando estava a dirigir-me para marcar o penálti, sabia que ia bater à Panenka e ainda bem que resultou», garantiu o médio do Liverpool em tom bem humorado.

Loading...

 

 

 

Apesar do Liverpool ter conseguido conquistar a Taça da Liga, Fabinho afirma ter consciência que marcar uma grande penalidade dessa forma poderá ser um risco, principalmente na hora de enfrentar os colegas de equipa.

 

 

 

«Quando se remata um penálti assim é preciso ter noção que, em caso de se falhar, talvez não seja fácil ir para o balneário depois, porque todos te vão querer matar. Mas, naquela altura, só me passava pela cabeça rematar assim», confessou Fabinho.

Loading...

Leave a Response