A Premier league oficialmente Contra a Rússia, e doa 1,2 milhões de euros a Ucrânia

Partilhar no:
Loading...
Loading...
Mais Vistos

A Premier League anunciou esta terça-feira que decidiu romper os acordos decisivos com as operadores russas para a emissão dos seus jogos nesse país e doará um milhão de libras (1,2 milhões de euros) aos afetados pela guerra na Ucrânia. Esses contratos televisivos com a empresa russa Rambler TV tinha um valor estimado de 6 milhões de libras (7,2 milhões de euros) por temporada.

 

A Premier League e os 20 clubes da competição concordaram de forma unânime a suspensão do contrato e a doação à Ucrânia depois de um fim de semana en que se foram sucedido os gestos de apoio ao país entre os jogadores da Liga.

 

Nos dez encontros disputados este fim de semana, houve um minuto de aplausos antes do apito inicial, os capitães das equipas vestiram a braçadeira com a bandeira ucraniana e projetaram as suas cores nos estádios. Esses gestos levaram as operadoras chinesas a não transmitir os jogos dessa jornada.

Loading...

 

”A Premier condena energicamente a invasão russa à Ucrânia. Pedimos a paz e os nossos pensamentos estão com todos aqueles que foram afetados. O milhão de libras será doado diretamente ao Comité de Desastres e Emergências (DEC) para levar ajuda humanitária a quem necessita”, assinalou a Liga num comunicado.

 

A empresa matriz Rambler TV, Sberbank, foi acrescentada na semana passada à lista de companhias russas castigadas pelo Governo Inglês.

Loading...

Leave a Response